Concerto em Lamego, 27 de Outubro!..

Lamego_27Out13

 

No âmbito do projecto “Por mares dantes navegados”, a ASELrespondendo ao repto lançado pela Direcção da UASP, em parceria com a Câmara Municipal de Lamego, promove a realização de um concerto que terá lugar no Teatro Ribeiro Conceição, em Lamego, no próximo dia 27 de Outubro, pelas 16 horas.

As receitas (3.50€ por pessoa) reverterão na íntegra para um fundo que o grupo que irá a Cabo Verde, no final de Fevereiro do próximo ano, entregará às suas Dioceses como contributo simbólico para apoiar a formação dos seus seminaristas.

Apresentado por Luís Matias, do Secretariado da UASP, o concerto contará com a actuação do Grupo Coral de Resende  e com The River Brass Band.

É neste contexto que convidamos todos os que puderem, a juntarem-se a esta festa cuja música ecoará até Cabo Verde!

Esperamos por vós!
A Direcção da UASP.

 

MOTIVAÇÂO

Todos nós somos fruto da busca de cultura (melhoria de vida) dos nossos antepassados: lutaram, fizeram, ambicionaram, criaram, singraram e conseguiram estabelecer um patamar de vivências com mais qualidade.

Deste contexto estamos nós a beneficiar: crescemos, assimilámos e buscámos ainda mais qualidade de vida. Hoje temos consciência retrospetiva do caminho andado. Não vamos interromper o encadeamento.

Isto vem a propósito de Cabo Verde – essa Jovem Nação que baloiça nas ondas do mar. Sim, porque é disso que se trata. Dizem que o país é fruto do querer, da vontade e da audácia. Tudo vem de trás.

Há um grupo que visita as gentes que vivem “em mares e terras dantes navegadas”, onde foi lançada pelos missionários parte da semente do Evangelho em anos/décadas … passadas. A marca “religião” ia à frente. Agora, ela apresenta-se encapotada num conjunto de visitas às comunidades irmãs.

Os arautos da UASP vão conscientes e motivados pela mesma mensagem: criar mais humanidade, apesar de a tónica ser posta no “contactar” e não no ficar: outros já lá estão. Levam humanidade, solidariedade, irmandade, fraternidade e religiosidade. Nós imaginamos as carências, os constrangimentos de quem quer fazer e não tem “meios”!

Os Concertos, já programados em diferentes zonas do país, destinam-se a pessoas desejosas de saborear os sons melodiosos e de viver a alegria contagiosa de quem canta por gosto, transmite conteúdo e dispõe bem.

Abre o desfile a Associação de Lamego (ASEL) já no próximo dia 27.

O angariado/bolo – bilhetes e ofertas – segue com o grupo e será entregue a quem está lá a transmitir o património herdado por nós: alguém que, nos pontos fulcrais, se empenha em continuar a lançar a semente à terra na esperança, quase certeza, duma produção a “cem por um”.

Faltam alguns dias para o primeiro evento. “É preciso avisar toda a gente” e dar seguimento à canção popular: “Ó minha amora madura, quem foi que te amadurou? – Foi o sol e a geada e o calor que ela apanhou!” É sabido que “o mundo pula e avança” para o amadurecimento graças: à Geada – das dificuldades que parecem intransponíveis, ao Sol – que espevita os elementos químicos adormecidos e ao Calor – que aconchega os corações embebidos por uma mensagem que, sendo humana e social, é também espiritual, pois “o sonho comanda a vida”!

David Francisco

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *