4 thoughts on “Ecos da Guiné: OKINKA PAMPA, a última rainha dos Bijagós .

  1. antonio agostinho
    Thursday April 21st, 2016 at 10:19 AM

    Senti-me embalado no percorrer das águas doces e mansas do Golfo da Guiné até penetrar na floresta virgem da nobre e gostosa ilha de Orango, onde não faltou o javali, nem as garridas aves que povoam os mangais. Belo relato a convidar-me à escrita. Estou à espera de inspiração. Talvez chegue quando andar mais esquecido!…

  2. Wednesday April 20th, 2016 at 07:32 PM

    ….Como foi bom, 3 meses depois, recordar a jornada solidária à Guiné-Bissau, agora em tempo de repouso activo nos Bijagós, do 1º grupo dos 19 enviados!…Ainda bem que o repórter, regressado em excelente forma, nas suas belas crónicas ilustradas, nos proporcionou, de novo, esse privilégio. Estou grato, por isso, ao Pe. Artur, nosso alferes capelão….

    Abraço amigo
    Alfredo

    1. Joaquim Luís fernandes
      Wednesday April 20th, 2016 at 11:28 PM

      Muito obrigado Isabel por este avivar da memória, do local onde se desfrutaram momentos agradáveis, mas também, onde há irmãos nossos a viverem com muitas necessidades que reclamam a nossa solidariedade. É bom recordar para não esquecer. Abraços para todo o grupo com quem tive o privilégio de viajar.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *