Loading...

Terça-feira, Abril 20, 2021

Categoria: Crónica

Memórias e experiências de vida

O  ENCONTRO  DE  DUAS  MISSÕES

No século passado, início da década de sessenta, vivi a experiência radical da mudança de vida! Da paz e do silêncio dos claustros conventuais, a austeridade da cela franciscana, da oração e do estudo, transitei para o desassossego e a linguagem rude da caserna! Era a “tropa” com os crosses, a ordem unida, a aplicação militar… Enfim, a incorporação, em Mafra, no “COM”- Curso de Oficiais Milicianos! E cerca de dois anos depois dei comigo no

Ler Mais

Histórias do Carnaval em Coimbra

Um reverendo, capelão de uma comunidade religiosa, que possivelmente vivia nos arredores do Seminário, deixava estacionado no jardins do dito o seu belo e estimado carrinho amarelo – era, nem mais nem menos, que um Ford Anglia, talvez posteriormente aproveitado pelo realizador dos filmes do Harry Potter. O reverendo aparecia pela manhã, bem cedinho; limpava cuidadosamente o pára-brisas e, envolto na sua negra capa, lá partia para o serviço religioso. Havia que andar ligeirinho que a

Ler Mais

As bolachas do casamento

Na Gândara (Figueira da Foz) dos anos cinquenta, casar era um ‘rito de passagem’ da maior importância comunitária que, finalmente, conferia ao ‘rapaz’ o pleno estatuto de ‘homem’! Normalmente combinado durante uma ceia, para o efeito ajustada em casa de um dos casais de ‘parceiros’, o casamento era marcado – com cerca de um ano de antecedência – para um sábado dos meses de inverno. Em tal época, todas as colheitas estavam feitas, engordado o carneiro

Ler Mais

Fazer nada…

– Chegou o dia em que, finalmente, vou poder fazer aquilo que gosto! – Exclamava jubilosamente o funcionário, na sua pose anafada e balofa, que os excessos acumulados no desfiar dos dias proporcionaram, ainda mais vaidoso que o habitual, após receber a notificação de que chegou a ansiada aposentação. O contínuo, termo hoje em desuso, substituído pela modernista designação de “auxiliar administrativo” neste afã de apagar as tradições, mas cujo conteúdo funcional nada mudou, sempre bajulador

Ler Mais

O Seminário deixa sempre boas recordações

Ao reler o Programa dos Seminários Arquidiocesanos de Braga do ano letivo 1966/67 com a capa alusiva ao cinquentenário das Aparições de Fátima, levou-me a escrever mais este texto sobre uma instituição que jamais esquecerei por tudo aquilo que nela adquiri. Foi uma das dádivas mais preciosas que auferi durante toda a minha vida, porque me abriu horizontes que me têm guiado neste meu caminhar. Quando se entra no seminário, o principal objetivo é amadurecer a

Ler Mais

Gloria in excelsis Deo!

Vá de música, Menino,Fazei-me vós o compasso,Por que de vossos preceitos,Não saiam nunca meus passos(…)Também serão nesta solfaOs semibreves ligados,Pois, hoje, o ser mais indignoLigais ao mais soberano.(Sóror Violante do Céu, 1601-1693) Dia de Natal. Uns acordam cedo que os sinos da igreja assim o mandam. Outros acordam tarde, à hora do almoço, esquecidos ou já não afeitos à celebração eucarística. Dia de Natal, às vezes, é um dia aborrecido, sem nada para se fazer, apenas para comer,

Ler Mais

A economia de Francisco

Decorreu de 19 a 21 de Novembro, on line, o encontro de Assis dedicado à aposta numa nova economia e em que os jovens de todo o mundo foram convidados a participar juntamente com vozes experimentadas do mundo empresarial e académico. Mais de 2.000 jovens, de 115 países, souberam dizer presente e participar activamente nas jornadas. O papa Francisco foi bem claro nos objectivos traçados para estas jornadas e todos os longos meses de preparação: «Estudar

Ler Mais