A Misericórdia como paradigma …

Terminou há uns meses, poucos, o Ano Santo da Misericórdia, um tempo muito especial de reflexão sobre a Misericórdia de Deus. O que se espera agora é que continue dentro de cada um e que sejamos capazes de a reflectir nos gestos quotidianos da nossa vida.

São os nossos passos que definirão se as portas da reconciliação e do perdão permanecerão abertas ou fechadas ao próximo.

Foi este quadro que animou os responsáveis pela UASP – União das Associações dos Antigos Alunos dos Seminários Portugueses, a organizar mais um tempo de reflexão sobre o inesgotável tema da Misericórdia nas vertentes do dinamismo misericordioso e da sua cultura.

Esse tempo de reflexão decorrerá nos próximos dias 1 e 2 de Abril, no Hotel Casa São Nuno em Fátima e terá como oradores o Pe Rui Valério, Missionário da Misericórdia, o Dr. Timóteo Cavaco, Presidente da Direcção da Sociedade Bíblica, o Pe Anselmo Borges, da Sociedade Missionária da Boa Nova, a Drª Maria do Rosário Carneiro e o bispo emérito D. António Vitalino Dantas.

Será uma jornada intensa sobretudo para os antigos alunos carmelitas que na mesma data e local realizam o seu encontro anual, embora com programas distintos, que vão desenrolar-se sem perda para qualquer das realizações.

Todos os encontros de antigos alunos integram um tempo de conhecimento mútuo e, pensamos, este pode constituir uma boa oportunidade para que os participantes das restantes associações de antigos alunos aprofundem o conhecimento sobre a Ordem do Carmo, quiçá possam/desejem receber o Escapulário de Nossa Senhora do Carmo, um manto de Misericórdia e de Graça, que não um amuleto, mas um sinal na vida humana, um sinal da vida cristã e um sinal mariano. Para os que o usam é também um sinal de proximidade dos mais necessitados.

Além dos religiosos carmelitas, são muitos os fiéis que o usam e dele dão testemunho, e fiéis de destaque como o Papa João Paulo II, que o usou desde menino e que, em 2001, por altura das comemorações dos 750 anos do Escapulário, enviou uma mensagem às duas vides carmelitas onde escreveu “…Também eu levo no meu coração, desde há muito tempo, o Escapulário do Carmo! Pelo amor que nutro pela Mãe celeste de todos nós, cuja protecção experimento continuamente, desejo que este ano mariano ajude todos os religiosos e religiosas do Carmelo e piedosos fiéis que a veneram filialmente, a crescer no seu amor e a irradiar no mundo a presença desta Mulher do silêncio e da oração, invocada como MÃE DA MISERICÓRDIA, Mãe da esperança e da graça. …”.

O Forum deste ano da UASP terá assim uma dupla vertente, a reflexão sobre a Misericórdia e a possibilidade de sair reforçado na vida espiritual com as bênçãos do Carmelo.

Tu que és antigo aluno dos seminários portugueses, chega-te a nós nesses dias e sentirás que valeu a pena.

Américo Lino Vinhais
Gabinete de Comunicação da UASP

PROGRAMA

FICHA DE INSCRIÇÃO E INFORMAÇÕES

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *