Congresso: Seminários, da memória à profecia

O congresso nacional “Seminários: da memória à profecia”, decorreu nos dias 24 a 26 de Abril de 2009, no Salão do Bom Pastor, no Centro Pastoral Paulo VI, em Fátima.

No âmbito das celebrações do primeiro Centenário do Nascimento do Beato Francisco Marto (Francisco Marto nasceu em 11 de Junho de 1908), e por iniciativa do reitor Monsenhor Luciano Guerra, o Santuário de Fátima realizou, entre os dias 24 e 26 de Abril de 2009, um Congresso, intitulado “Seminários: da memória à profecia”, para refletir sobre a influência exercida por esta Instituição na vida pessoal e familiar, profissional e social de quantos por lá passaram. Este congresso teve ainda a colaboração das Associações de Antigos Alunos dos Seminários Diocesanos e Religiosos,

Nas palavras da Comissão Organizadora, o Congresso visa “reflectir sobre a influência exercida por esta Instituição na vida pessoal e familiar, profissional e social de quantos por lá passaram”.

Neste sentido, para além das vertentes cultural e de convívio e dos momentos de oração que o congresso visou proporcionar aos participantes, propôs-se à reflexão de várias temáticas, algumas relacionadas com o desenvolvimento e o papel dos seminários e outras sobre as opções de vida e sobre a vocação. Houve ainda lugar para a análise ao papel dos seminários na formação de cidadãos e, no último dia, o único conferencista deste Congresso que não frequentou o seminário, Bagão Felix, apresentou a conferência “Valores cristãos para a sociedade e para o mundo”.

Este congresso teve por certo ser muito bom tomar consciência de que a marca do valor que se encontra nos homens formados ao jeito do Evangelho e a viver nos mais diversos e destacados ambientes, poderá continuar a impregnar a sociedade carente, que cada vez mais exaltava atitudes comportamentais “sem consensos éticos básicos e minada pela cultura do vazio de ideais e de valores”.

Não há ainda uma perceção exata do “como” concretizar esta ideia, mas apenas a certeza de que “o caminho se faz caminhando”.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *