Ecos da Guiné: Nossa Senhora de Fátima! Promessa cumprida .

10 (800x535)“A campainha tocou. Era uma sineta, digna dos Jerónimos de Braga, dependurada dum ramo, pequena, é certo, mas suficiente para congregar os cristãos da aldeia, sobretudo jovens… Orago da capela? Nem imagem existia! Nenhuma! Foi decretado (sem decreto oficial, evidentemente): “Nossa Senhora de Fátima! Eu mesmo mando (ou trago) a imagem”! Promessa feita, espera-se que se cumpra em breve”. (… da crónica anterior).

E assim foi! Diligências em curso, oferta e embalagem apropriada, é de salientar a generosidade do sr. Manuel Dias Conceição, da Arte Sacris, Paramentaria de Fátima, que, à primeira abordagem, falou: “Eu ofereço a imagem”! Bem acondicionada, em “embalagem a tiracolo”, acompanhou-nos como bagagem de mão; nem o peso nem o volume foram óbice… a tripulação foi avisada do conteúdo. Na viatura, no barco, de braçado, às costas, rumou finalmente a Orango, a 4 horas de viagem de Bissau.

Ambuduco era o destino. Aquelas paragens inóspitas, mas belas, porque selvagens, entrecortadas de carreiros poeirentos e de canais infectos e perigosos, só de barco são atingíveis, mesmo assim com alguma dificuldade, sobretudo na maré baixa. Só de barco e mais algumas marchas cansativas por trilhos ziguezagueantes, mata fora. Não dava. Da primeira vez (a da promessa) eram dois barcos, um de menor dimensão que nos levou lá. Só que da segunda vez, menos passageiros, só foi o maior. Impossível ir a Ambuduco, com muita pena nossa. Só por outro trajecto, alguns minutos de barco e hora ou horas a pé por trilhos com um calor insuportável, já a rondar os 40 graus.

Encomendámos ao Catequista Adelino a entrega da imagem à comunidade, bem como os medicamentos, casualmente embalados na mala que há 42 anos me acompanhou na ida para a Guiné! Lá ficou. Coincidências!

Na bela estância de Orango, fizemos uma celebração mariana de bênção e entrega da imagem, devidamente registada em fotografias várias. Foi solene e comovente! Entrega feita!

“Adelino, com que sentimento e alegria recebemos a tua comunicação bem documentada fotograficamente, da bênção e entronização da imagem, feita pelo pároco, debaixo das árvores nossas conhecidas de Ambuduco.  Temos muito que te agradecer a fidelidade e o empenho que pões nesta missão tão bela de Catequista. Muito obrigado. Ao pároco e outros cristãos da comunidade o nosso sentimento de amizade e parceria. Que Nossa Senhora de Fátima vos proteja”!

AO (Alferes capelão) – IIº Grupo, Março 2016

20160322_192614 (575x640)

2

3

5

6

2 thoughts on “Ecos da Guiné: Nossa Senhora de Fátima! Promessa cumprida .

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *