Natal de Jesus: festa universal! .

É um dado comum e evidente! A festa cristã que mais se universalizou foi o Natal de Jesus.

Em todos os cantos da Terra, com maior ou menor ligação ao Acontecimento que lhe deu origem, cada um celebra este dia como seu, assumindo, em cada cultura, traços próprios e, por isso, diferentes, mas sempre expressando os mais altos valores da condição humana, à medida das aspirações mais nobres do nosso coração.

E, por muito que se diga, e no-lo queira fazer crer o que se vê, não é possível reduzir esta Quadra ao mero consumismo de bens materiais e festas rituais, porque este ideal, este sonho belo, inscrito no íntimo do nosso ser, encontra a sua espantosa confirmação no mistério do Natal de Jesus! Há uma Luz, intuída na fé e na esperança, que irrompe no meio das trevas da nossa existência e nos faz compreender que, quanto maior for a escuridão dos nossos medos e angústias, tanto mais intensamente brilhará para nós a beleza do seu esplendor!

Temos, pois, motivos para fazer a festa, e cada um a vai celebrar nos limites das suas possibilidades; não só porque há saúde e a vida corre bem – contudo, se fosse apenas isto, um grande número de pessoas ficaria de fora –, mas, principalmente, porque emerge das profundezas do nosso ser, essa dimensão última onde habitamos pouco…, a convicção íntima e feliz que somos visitados por um Mistério sublime de ternura e amor que resplandece no rosto de Jesus, o filho de Maria.

Neste “filho que nos foi dado” (Is 9,6) se concentram todas as promessas de Deus e todas as esperanças da Humanidade. Ele é o Emmanuel – o Deus connosco – que nos visita na sua misericórdia infinita, revelando-nos os segredos do coração do Pai, que gosta de estar e conversar com os seus filhos (DV 21), para os convidar à comunhão com Ele.

Contemplar a sua presença entre nós e escutá-Lo, como no-lo recomenda o Pai (Mt 17,5), fará toda a diferença nas nossas vidas, agora e sempre…

Aos antigos alunos dos Seminários Portugueses, seus familiares e amigos, desejamos Santas Festas Natalícias!

P. Armindo Janeiro

One thought on “Natal de Jesus: festa universal! .

  1. Sábado, 22 de Dezembro de 2018 at 21:40

    Belo texto do Pe. A. Janeiro para reflexão sobre o Natal.

    …..” Na aldeia de Greccio, em 1223, São Francisco celebrou, de modo admirável, o nascimento do Menino, construindo o 1º Presépio, como manifestação de ternura, honrando a simplicidade, exaltando a pobreza, elogiando a humildade. E de Greccio fez uma nova Belém”
    Assim, é NATAL! “por uma atitude de escuta, um abraço de amizade, uma mão estendida…..”

    A Associação dos antigos alunos franciscanos deseja aos Órgãos sociais, Secretariado e Gabinete de Comunicação da UASP e às irmãs associadas e familiares Santo e feliz Natal e que 2019 seja um Ano Bom, de PAZ e BEM
    Alfredo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *