AACombonianos: Ecos da Assembleia Geral

Viseu 2013No primeiro sábado do mês de Maio realizou-se mais uma vez o encontro anual dos antigos alunos Combonianos de Portugal. Trata-se de uma data consensualizada em reuniões anteriores, assumida e fixada  pela direcção da Associação por forma a permitir, com a antecedência necessária, o agendamento pessoal e familiar.

O encontro desenvolveu-se de acordo com o programa, congregando perto de oito dezenas de antigos alunos Combonianos, vindos de vários pontos de norte a sul do País, da Europa e do Mundo. A reunião geral começou com o canto/ensaio do hino da Associação acompanhado ao acordeão pelo Américo Martins. Seguiu-se a apresentação dos presentes, de forma mais sucinta do que em anos passados. Esta foi, assim, feita por grupos de acordo com o ano de entrada no Seminário. Notou-se a ausência de qualquer elemento em alguns dos anos, nomeadamente, nos mais recentes. Dadas as boas vindas e prestadas algumas informações de caracter geral, o Pe. Alberto, Provincial dos Combonianos, falou sobre a situação da congregação em Portugal, na Europa e no Mundo. Mostrou a sua preocupação pelo facto de, a nível europeu, as vocações estarem reduzidas a números próximos do zero. Por outro lado os Seminários em África, na Ásia e na América do Sul estão pujantes de juventude e com resultados finais muito positivos, quer para as igrejas locais quer para as congregações missionárias. Depois de várias intervenções de antigos alunos,  com ligação multimédia ao Brasil, deu-se por encerrada  a reunião e todos nos dirigimos para a capela do Seminário para a celebração eucarística animada ao órgão pelo Olindo Marques, presidida pelo Pe. Ramiro e concelebrada por vários antigos alunos, missionários presentes vindos de diversas origens geográficas. Seguiu-se um almoço de convívio  nas renovadas instalações do velhinho refeitório. Almoço esse que se estendeu pela tarde fora até se começarem a ouvir os “ adeus até p´ró ano” da praxe.

E, assim, em ambiente acolhedor de que estamos gratos à pequena comunidade do Seminário das Missões de Viseu, se reviveram os ideais de Comboni, semeados durante mais ou menos anos nos corações dos presentes, quando adolescentes e jovens, ávidos de entrega à vida cujos horizontes lhes foram entusiástica e generosamente abertos.

António Pinheiro

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *