Bem-vindos à Madeira !

Dirijo-me aos Antigos Alunos dos Seminários Portugueses que, como eu, se formaram e educaram para o verdadeiro humanismo nessas casas que, em muitas das cidades portuguesas, eram o único recurso ao alcance do “nobre povo, nação valente e imortal”.

Muitos deles, hoje chefes de família e pessoas humanas dignas e capazes, constituindo um crisol e reserva cultural da sociedade portuguesa, agrupados em Associações e unidas na UASP, União das Associações dos Antigos Alunos dos Seminários Portugueses, decidiram “descobrir” a Madeira seiscentos anos depois de Zarco e Teixeira.

A visita realiza-se de 15 a 22 de setembro. Vão viajar numa das “caravelas” da TAP. Para o efeito o seu presidente, Pe. Armindo Janeiro, quem conheci na criação da UASP, – pois aí estive em representação da Associação dos Antigos Alunos do Seminário do Funchal – e certamente em nome de toda a direção, decidiu envolver-me nesta sua “descoberta”. Não tive outra opção senão colaborar com antigos “colegas”.

A agencia de viagens “Bravatour” , dirigida pela Gorete Araújo, também aceitou o meu convite. Juntos elaborámos o programa que vai permitir aos ilustres visitantes “descobrir” em tão pouco tempo os 600 anos da Madeira, com incidência no campo cultural, religioso, patrimonial e paisagístico.

A título de exemplo, diremos que, logo à chegada, está marcada a Eucaristia dominical na Igreja do Carmo no Funchal, seguindo-se uma visita à “Zona Velha”, onde nasceu a cidade, ao Campo almirante Reis onde está o monumento que regista os 500 anos da Diocese como primeira diocese portuguesa no Ultramar, a capela de Pedro Gonçalves Telmo, padroeiro dos navegantes (marítimos) hoje denominada Capela do Corpo Santo, o Forte São Tiago. Por certo que também aqui nasceu o “Club Sport Marítimo”, cujo nome indica as suas origens.

Cabo Girão, Ribeira Brava, Encumeada, Chão dos Louros, São Vicente, Seixal, Porto Moniz, Ponta Delgada, Boa Ventura, Arco de São Jorge, S. Jorge, Santana e Garajau, serão visitados no 1.º dia.

Museus no Funchal, nomeadamente o da Arte Sacra, Museu das Cruzes, Frederico de Freitas, Convento de Santa Clara, Igreja do Colégio, Catedral do Funchal, serão visitados no 2.º dia.

Igreja do Monte, Túmulo de Carlos de Áustria, Terreiro da Luta, Poiso, Pico do Areeiro, Ribeiro Frio, Levada dos Balcões, Zona Franca, Ponta de São Lourenço, Capela do Senhor dos Milagres, em Machico, constam do programa do 3.º dia.

Jardim Botânico, Eira do Serrado, Pico dos Barcelos, Câmara de Lobos, Pico da Torre, igreja de Santa Cecília e Convento de São Bernardino, com Frei Pedro da Guarda, esperamos ilustres turistas no 4.º dia.

Os últimos dois dias serão ocupados no Porto Santo, com algum tempo para a praia dourada e para visitar as principais expressões de arte e beleza natural, nomeadamente as Capelas do Espírito Santo, São Pedro, Nossa Senhora da Graça, a Casa de Colombo e a Igreja de Nossa Senhora da Piedade.

O regresso a Lisboa está pautado para a tarde de sábado, 22, também numa das “caravelas” da TAP.

Estou certo de que a UASP, em tão pouco tempo, vai dar razão a Camões quando afirma que a “Madeira é, de todas, a Primeira”.

Boa Viagem!
Manuel Gama
AAASFunchal

Programa

Ficha de Inscrição

4 thoughts on “Bem-vindos à Madeira !

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *