Loading...

Sábado, Maio 28, 2022

NOVOS COMENTÁRIOS

Em  Maio com as  nossas Mães … , Por Alfredo Monteiro

Naquele lugar desconhecido, entre o Minho e Trás-os-Montes, com a chegada do Maio florido, o povo celebrava festivamente o “Mês de Maria”. As badaladas do sino, terminadas as lides agrícolas, reunia os fiéis na pequena capela românica. Na ausência do pároco emergia sempre alguém, entre os presentes, que  orientava a “reza do terço” e iniciava os tradicionais cânticos marianos. Passadas tantas décadas, recordo e guardo no coração cada princípio de noite desses “maios” longínquos! Porém, com

Ler Mais

Vocação religiosa, uma grande e bela opção de vida!

No início da semana de oração pelas vocações, a Vigararia de Ourém apresenta, na Segunda-feira, dia 2 de Maio, às 21h00, no Centro Pastoral de Nossa Senhora da Piedade – Ourém, o livro “Testemunhas da Palavra. Ourém, terra de missionários e missão”, sobre os Consagrados naturais de Ourém que, desde finais do século XIX, se dedicaram totalmente ao serviço do Evangelho, quer no País quer fora dele. Esta publicação recolhe notas biográficas e testemunhos de 360

Ler Mais

Testemunhas da Palavra. Ourém, terra de missionários e missão

A Vigararia de Ourém apresenta, na próxima segunda-feira, dia 2 de Maio, às 21h00, no Centro Pastoral de Nossa Senhora da Piedade – Ourém, o livro “Testemunhas da Palavra. Ourém, terra de missionários e missão”, sobre os Consagrados naturais de Ourém dos últimos cem anos. Com esta iniciativa, queremos dar graças a Deus pelas vocações de especial consagração das nossas Comunidades (360 religiosas/religiosos de 45 Institutos e 97 sacerdotes diocesanos) e mostrar – sobretudo às gerações

Ler Mais

Celebremos a vida do Ressuscitado

No coração do mistério cristão eleva-se a cruz de Cristo – maldição dos homens e instrumento de ódio, violência e degradação da nossa condição – que o amor de Deus, num excesso de doação sem limites, transformou em misericórdia, em fonte de vida nova para todos, de todos os tempos e lugares. Na cruz, Cristo sofre e acolhe as dores provocadas pela nossa desumanidade, fazendo-Se próximo de todos os humilhados e assassinados, vítimas da barbárie e

Ler Mais

Ecos da UNIASES

“A reclamação não era comigo mas a irritação enchia a sala de espera. O homem protestava contra a exigência de tantos documentos para tratar o assunto que ali o levava. “Tantos papéis para quê? É como a hipotenusa! Obrigaram-nos na escola a aprender o quadrado da hipotenusa para quê? O que é que eu faço agora com o quadrado da hipotenusa?” Ia sugerir-lhe que o guardasse na gaveta onde está a raiz quadrada, mas contive-me a

Ler Mais

Ecos da AAACarmelitas

O REENCONTRO DE FÁTIMA Embora os Estatutos da AAACARMELITAS não imponham uma data concreta para a realização da sua assembleia-geral ordinária, estabelecem que deva ocorrer “até 15 dias antes do domingo de Páscoa”. Contudo, porque a quase totalidade das assembleias-gerais realizadas ocorreram, de facto, quinze dias antes da Páscoa, os antigos alunos interiorizaram que esse será o dia ideal para a sua realização e alguns organizam-se em função dessa expectativa. Que me lembre, apenas em duas

Ler Mais

Os rostos da solidariedade…. Por Alfredo Monteiro

Em 8 de Janeiro de 1964 parti do cais de Alcântara-Lisboa e, uma semana depois, o navio “Quanza” atracava em Bissau. A minha Companhia (618) rumava a norte, da então Província Ultramarina, com a fria ração de combate distribuída ainda no barco. Sentados nas viaturas militares vimos a cidade a correr….. Poucos quilómetros alcatroados e muitos de terra solta. De seguida, o rio Mansoa a travar-nos a marcha. Preguiçoso e lento, mais parecia adormecido no leito.

Ler Mais

Ecos da AAACarmelitas

(…) Não obstante as restrições e condicionamentos, fomos tentando alimentar a nossa através da divulgação de emails, de publicações na Tertúlia Carmelita do Facebook e participação nas reuniões da UASP, nalgumas virtualmente, mas presencialmente noutras, como foi o caso da assembleia geral de Outono, realizada em Dezembro, na Casa S. Nuno, em Fátima. Fomos até mais longe e, diria, atrevidos! Se calhar, dirão outros, inconscientes! É que, mesmo com ventos pandémicos hostis organizámos o magusto que

Ler Mais

Ressuscitar o Concílio Vaticano II, por P. Manuel Joaquim R. dos Santos

O Papa Francisco tem sido fiel a esta premissa conciliar: a Igreja faz parte do mundo contemporâneo e com ele se faz caminho, num processo contínuo de conversão! Não aceita a miopia de continuar ocupada com um mundo que já não existe. Ainda muito recentemente, como nos lembrava o frei português Bento Domingues OP, o papa na Eslováquia, criticou duramente quem alimenta a ficção de procurar voltar atrás: «Sofremos isso hoje na Igreja: a ideologia do

Ler Mais