Loading...

Quarta-feira, Julho 06, 2022

NOVOS COMENTÁRIOS

Os rostos da solidariedade…. Por Alfredo Monteiro

Em 8 de Janeiro de 1964 parti do cais de Alcântara-Lisboa e, uma semana depois, o navio “Quanza” atracava em Bissau. A minha Companhia (618) rumava a norte, da então Província Ultramarina, com a fria ração de combate distribuída ainda no barco. Sentados nas viaturas militares vimos a cidade a correr….. Poucos quilómetros alcatroados e muitos de terra solta. De seguida, o rio Mansoa a travar-nos a marcha. Preguiçoso e lento, mais parecia adormecido no leito.

Ler Mais

Ecos da AAACarmelitas

(…) Não obstante as restrições e condicionamentos, fomos tentando alimentar a nossa através da divulgação de emails, de publicações na Tertúlia Carmelita do Facebook e participação nas reuniões da UASP, nalgumas virtualmente, mas presencialmente noutras, como foi o caso da assembleia geral de Outono, realizada em Dezembro, na Casa S. Nuno, em Fátima. Fomos até mais longe e, diria, atrevidos! Se calhar, dirão outros, inconscientes! É que, mesmo com ventos pandémicos hostis organizámos o magusto que

Ler Mais

Ressuscitar o Concílio Vaticano II, por P. Manuel Joaquim R. dos Santos

O Papa Francisco tem sido fiel a esta premissa conciliar: a Igreja faz parte do mundo contemporâneo e com ele se faz caminho, num processo contínuo de conversão! Não aceita a miopia de continuar ocupada com um mundo que já não existe. Ainda muito recentemente, como nos lembrava o frei português Bento Domingues OP, o papa na Eslováquia, criticou duramente quem alimenta a ficção de procurar voltar atrás: «Sofremos isso hoje na Igreja: a ideologia do

Ler Mais

ALPHA,  DELTA  E  ÓRIGON – O vírus camuflado, por Alfredo Monteiro

Quando em princípios de Março de 2020 o COVID19 entrou em Portugal, vindo já de outros países europeus, apanhou quase toda a gente de surpresa! Apesar das notícias que chegavam sobre a sua agressividade foi, no entanto, desvalorizada a sua presença. Até as próprias autoridades de saúde andavam confusas e perplexas! E não definiam, com rigor, o modo de o combater! O inimigo, na guerra de guerrilhas, ataca sempre de surpresa e em locais inesperados; com

Ler Mais

Ecos da UNIASES – Boletim nº 202

“O Uniases continuará a ser a casa onde o Melo pernoita; o Uniases é a casa-comum que acolhe os Ases enquanto pessoas que se sentem unidas pelos princípios fundacionais da causa espiritana. Este espaço de comunhão de ideias e ideais foi alimentado pelo Melo durante décadas; ter-se-ia desfeito na voragem do Tempo se não fosse a perenidade e consistência da sua vontade e o apego lúcido aos valores civilizacionais que iluminam quanto é escrito no nosso

Ler Mais

Sínodo, a graça de caminhar juntos!

Pela primeira vez, em dois mil anos de história da Igreja Católica, todo os seus fiéis foram convidados a participar no processo sinodal em curso. Segundo Piero Coda, membro da Comissão Teológica do Sínodo e Secretário-geral da Comissão Teológica Internacional, este Sínodo é mesmo “o acontecimento eclesial mais importante e estratégico depois do II Concílio Vaticano”, realizado entre 1962 e 1965. Lançada a dinâmica sinodal na Paróquia e constituídos os grupos (doze ao todo) pude, nestes

Ler Mais

O rosto da nossa esperança!

Fragilizados por uma pandemia sem fim à vista, vivemos dias de incerteza, agravados, em tantos casos, pela solidão e o medo… Na travessia deste deserto desolador, somos chamados a reinventar os nossos gestos de proximidade para fazer chegar, com simplicidade e discrição, o conforto de uma presença amiga e solidária a quem dela precise. Também nestes dias se vive, na Igreja Católica, um processo sinodal inédito, lançado pelo Papa Francisco, que visa recolher o sentir de

Ler Mais

Antigos alunos dos Seminários de Braga reúnem em Vilarinho Vila Verde

No passado dia 1 de dezembro, reuniu-se a Associação dos Antigos Alunos dos Seminários Arquidiocesanos de Braga (ASSASB) na paróquia de S. Mamede de Vilarinho do Arciprestado de Vila Verde, assinalando o dia do Antigo Aluno que foi instituído para se estreitarem laços de amizade de uma “família” criada nestas “ilustres” casas. Estes encontros avivam, precisamente, essa chama que desejamos que não se apague e que seja reacendida ou se torne sempre mais viva nos nossos

Ler Mais

O Natal franciscano, por Alfredo Monteiro

Sentimos que o Natal está próximo. O tempo é de Paz e de fraternidade, do encontro de Deus connosco, que não quis ficar lá distante, e de nós com Deus. Apesar da pandemia, teimosa e agressiva, regressa a Esperança de caminharmos e estarmos juntos. Neste intenso itinerário do reencontro podemos construir horas de solidariedade e de partilha. Todos somos chamados a cuidar daqueles que o mundo esconde e esquece, escutando o clamor dos que mais sofrem.

Ler Mais