Ecos da UNIASES: Boletim nº 198 .

(…) Sim, é cada vez mais clara esta realidade: ‘Portanto, a resposta à pandemia é dupla. Por um lado, é essencial encontrar uma cura para um pequeno, mas terrível vírus que põe o mundo inteiro de joelhos. Por outro, devemos curar um grande vírus, o da injustiça social, da desigualdade de oportunidades, da marginalização e da falta de proteção dos mais débeis. Nesta dupla resposta de cura há uma escolha que, segundo o Evangelho, não pode faltar: é a opção preferencial pelos pobres (cf. EG 195). E esta não é uma opção política; nem sequer uma opção ideológica, uma opção de partidos. A opção preferencial pelos pobres está no centro do Evangelho. E quem a fez primeiro foi Jesus. (Continua)

UNIASES  – Boletim nº 198 – Julho a Setembro de 2020

 

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *