Loading...

Quarta-feira, Julho 06, 2022

Antigos Alunos Franciscanos – Do virtual ao real

Depois dos “Encontros Virtuais” de 2020 e 2021, os antigos alunos franciscanos regressaram ao Convento de Montariol. No dia 28, último sábado de Maio do ano em curso, realizou-se presencialmente o tradicional “Encontro Anual” e, simultaneamente, a Assembleia Geral Eleitoral com a missão de eleger os novos Órgãos Sociais para o triénio de 2022-2025. O desejado regresso ao “Lar”, após dois anos de ausência forçada pela pandemia, foi profundamente sentido. Na verdade, todos andavam carregados de saudades!

Após o acolhimento familiar, nos amplos claustros conventuais e nos espaços verdes que envolvem o nosso antigo Colégio, seguiu-se a Eucaristia de Acção de Graças, pela alegria do regresso, na Igreja de São Boaventura, celebrada pelo Frei Isidro Lamelas, membro do governo da Província Franciscana Portuguesa. Podemos, então, recordar os nossos saudosos Mestres, Prefeitos, Professores e companheiros falecidos. Naqueles bancos que guardam segredos, sorrisos e lágrimas, várias gerações, ao longo de muitos anos, rezaram e cantaram e, agora, com forte emoção, voltamos a rezar e a cantar…

Depois, no grande auditório João Duns Escoto, após as saudações amigas e fraternas e as manifestações de gratidão, particularmente à fraternidade de Montariol e ao seu Guardião, o presidente da direcção comunicou aos presentes o falecimento do Júlio Matos a quem foi prestada a merecida homenagem. Este antigo aluno era apaixonado pela nossa Associação de que foi fundador e dirigente, ajudando a escrever a sua bela e longa história. Enquanto teve saúde participou activamente em todos os eventos. Era forte a sua vivência franciscana e, nesse sentido, deixou-nos um “Testamento” intitulado, “O Recordar de uma Caminhada…”.

Findo este momento de reconhecimento, merecedor das palmas solidárias dos participantes, o presidente apresentou um pequeno relatório referente ao triénio de 2019 a 2022. Porém, dado que nos anos de 2020 e 2021, como acima ficou dito, os “Encontros” realizaram-se por videoconferência, dando oportunidade à participação de alguns antigos alunos residentes no estrangeiro, optou por alargar o relato dos acontecimentos principais ao período de 2003 a 2022. Desta maneira activamos a memória de muitos……..

Na continuidade dos trabalhos, o 1º Secretário da Assembleia Geral, na ausência justificada do seu Presidente, deu início ao acto eleitoral. Constatando que não havia nenhuma lista candidata, convidou os participantes a organizarem-se de modo a gerar candidaturas. Então,  o eleitor Luís Gonzaga de Azevedo Carvalho propôs à mesa a continuação dos actuais dirigentes por mais um mandato( 2022-2025). Colocada à votação, a proposta foi sufragada pela totalidade  dos 40 eleitores, apenas com uma abstenção.

Assim sendo, foram reeleitos:

ASSEMBLEIA  GERAL:
Presidente………………… Luís Pereira Gomes
1º Secretário……………… Manuel Martins da Silva
2º Secretário……………… António Mendes de Carvalho

DIRECÇÃO:
Presidente………………… Alfredo Carvalho Monteiro
Vice-Presidente…………. José Luís Proença
1º Vogal……………………. José Oliveira Gomes
2º Vogal…………………… António Campelo Rocha(novo)

Concluído o acto eleitoral ainda usufruímos de um momento de formação eclesial orientado pelo Frei Isidro Lamelas, Professor da Universidade Católica e autor de várias publicações. Muito sucintamente, mas com o brilho habitual, na continuidade das acolhedoras palavras proferidas na Eucaristia, e a propósito do convite do Papa Francisco a cada um dos baptizados para “caminharmos juntos”, referiu que os Padres da Igreja  viram no “Sínodo apostólico” de Jerusalém o modelo da sinodalidade eclesial; afirmando que tanto a prática como a consciência sinodal estiveram presentes desde a primeira idade da Igreja…

Por fim, o presidente substituto da Assembleia Geral encerrou a sessão com os agradecimentos merecidos ao Frei Isidro, a representar o novo Ministro Provincial, à Fraternidade de Montariol pela maneira familiar e simpática como sempre acolhe os antigos alunos. Seguiu-se o almoço de confraternização no “nosso” refeitório. Mas antes cantamos todos em coro e na perfeita alegria franciscana, como São Francisco…, ao “Altíssimo, Omnipotente e Bom Senhor….”. Um modo singelo de agradecer a Deus este dia “mais longo”… em que o “Irmão Sol” também chegou cedo, com todo o esplendor, a aquecer os corpos e as almas…

Alfredo Monteiro, AAACF

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.